Saturday, June 27, 2015

O QUE SIGNIFICA SER CRISTÃO - XIV

O EXERCÍCIO DIÁRIO E CONSTANTE DA MISERICÓRDIA “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia”. (Mt 5.7) Normalmente o ser humano, antes de ter o seu coração transformado pelo poder da palavra de Deus, tem a tendência de viver pelo que se conhece como o Código de Talião, um escrito muito antigo e que data de muito antes da formação do povo de Israel, quando Deus mandou aplicar esse princípio de vida (Ex 21.23-25). Mas agora, em vez do “olho por olho, dente por dente”, etc, o Senhor Jesus ensina que bem-aventurados são aqueles que usam de misericórdia. O povo judeu aprendeu na lei que a misericórdia para com o ofensor não devia ser aplicada. Agora vem Jesus e lhes traz um ensinamento inteiramente novo, embora já no Antigo Testamento o Senhor tenha começado a ensinar sobre a misericórdia: “Pois eu quero misericórdia, e não o sacrifício” (Os 6.6). O Senhor já havia dito que seria através dos profetas que Ele transmitiria a sua vontade ao Seu povo (Am 3.7). A vontade de Deus agora era que o homem fosse misericordioso, pois Ele, Deus, mandando cumprir toda a lei, usava de máxima misericórdia e concedia ao homem a graça salvadora, para que todo o homem que recebesse Jesus fosse feito não apenas mais um seguidor da lei, mas sim um filho de Deus. Ao receberem agora o ensino sobre a misericórdia, isso lhes queria dizer que deveriam deixar de retribuir o mal com o mal, em vez do “ olho por olho”, deveriam agora “andar a segunda milha... dar a outra face,... deixar a capa e a túnica”, enfim aprender a viver em paz uns com os outros pelo uso da mansidão, da humildade, da justiça segundo Deus e da misericórdia. Isso significava deixar de lado todo o tipo de retaliação pessoal. Como aplicar isso hoje ao nosso viver? É simples, basta que tomemos o Espírito de Cristo em nossa vida e andemos pelo que Jesus ensinou e viveu. No ESTILO DE VIDA DE JESUS nunca houve lugar para retaliação pessoal, Jesus nunca perdeu tempo usando das mesmas armas que usavam os seus adversários. Ele nunca usou da mentira, da intriga, da calúnia, do falso testemunho etc, enfim, nada daquilo que seus adversários puseram em prática contra ele. Pois é exatamente isso que Deus espera de cada um de nós, para que encontremos o verdadeiro sentido da palavra felicidade. Deixa-me dizer-te uma coisa, ninguém, absolutamente ninguém pode ser verdadeiramente feliz se abriga em seu coração qualquer um destes sentimentos: ódio, rancor, amargura, falta de perdão, ressentimento, desejo de vingança etc. Talvez o leitor já tenha experimentado, ou esteja vivendo agora algo semelhante em sua vida, por isso é importante ler tudo isto com atenção e pôr em prática agora mesmo, do contrário estarás entristecendo o Espírito Santo de Deus, ao rejeitares este precioso ensino.

No comments: