Tuesday, August 16, 2011

A IGREJA E O CAVALO DE TROIA


Texto Bíblico: Ct.6:10
INTRODUÇÃO: O livro de Cantares de Salomão muitas vezes mal interpretado, trás na verdade no seu conteudo promessas e profecias belíssimas e extraordinárias para aquela que é conhecida como a Igreja do Senhor. Quero abordar convosco este assunto, que começa no nascer da Igreja no calvário, verifica algumas profecias acerca dela e termina com ela entrando no céu, lugar para o qual está destinada desde antes da fundação do mundo.

01 – A IGREJA COMO A ALVA DO DIA. {30 – 313d.C}
• - A Igreja e as portas do Inferno. [Mt.16:18]
• - A Igreja nascendo, após as trevas, raiou a luz.[Mt.4:13-17]
• - A porta da perseguição tornou a igreja conhecida, criou os mártires, notabilizou o Evangelho de Cristo e a espalhou pelo mundo. [At.7:55-60; 8:1-4; Cl.1:5,6]
• - Literalmente a Igreja perfumou o mundo com o “bom cheiro de Cristo”. [Isto tudo ocorreu de 30 a 313d.C]

02 – A IGREJA FORMOSA COMO A LUA.[Lc.23:28-31] {313- 1517}
• - A porta da adesão, aberta pelo gesto de Constantino, permitiu que pela reação da verdadeira Igreja, a falsa se tornasse conhecida e com isso então foi aberta mais uma porta; a da acomodação, mas a porta da perseguição nunca se fechou. {In Hoc Signo Vinci} A romanização da igreja.
• - Esta fase se caracteriza pela grande escuridão da Idade Média, onde a Igreja Romana, desviada da verdade perseguia judeus e cristãos fiéis, e queimava em fogueiras os que não aceitaram a porta da acomodação.
• Mas como nas noites mais escuras é que a Lua mostra sua beleza, assim foi com a Igreja, que não mais como a alva do dia, continuava no entanto a mostrar sua presença.

03 - A IGREJA BRILHANTE COMO O SOL.[Mt.24:13]{1517- até hoje}
• - A mais bela fase da Igreja aqui na terra. Após a grande obscuridade, ela renasce com o descobrimento da verdade por Martinho Lutero. Surgiram então os grandes pregadores.Jonathan Edwards ;John Wesley; Charles Finney; Charles Spurgeon; Dwight L. Moody
• - Ocorre o 1º esforço missionário, para alcançar o oriente, e os povos indígenas. É uma fase de grandes lutas, mas o evangelho pentecostal avança velozmente pelo mundo.
• - O inferno continua a abrir portas, e algumas como: mundanismo, confusão, doutrinas falsas e evangelhos humanos se abrem tentanto atrair a Igreja.
• O cavalo de Troia: De acordo com a lenda associada à conquista de Tróia pela Grécia, na chamada Guerra de Tróia, um grande cavalo de madeira foi deixado junto às muralhas de Tróia. Construído de madeira e oco no seu interior, o cavalo abrigava alguns soldados gregos dentro da sua barriga. Deixado à porta da cidade pelos gregos, os Troianos acreditaram que ele seria um presente como sinal de rendição do exército inimigo. Assim, o presente entrou na cidade e os troianos muito alegres, festejaram com muita bedida a “vitória” pelo fato de acreditarem que os gregos tinham abandonado a luta.
Durante a noite, os soldados gregos que estavam dentro do cavalo, aproveitando-se do fato dos troianos estarem embriagados e dormindo, deixaram o artefacto e abriram os portões da cidade. O exército grego pôde assim entrar sem esforço em Tróia, tomar a cidade, destruí-la e incendiá-la.
Durante mais de quatro séculos a Igreja resistiu tenazmente as investidas de Roma, que pela perseguição, intimidação, poder político, poder econômico , sociedades secretas etc, tentou de todas as formas penetrar, influenciar e deter o crescimento da Igreja do Senhor Jesus Cristo, mas com pouco sucesso, pois fortalecida pela Palavra de Deus, a Igreja resistiu bravamente aos ataques frontais do adversário. No entanto, ao meio da década de 50 do século 20, num belo[ou triste] dia, a Igreja vê, bem na sua porta o animal mais estranho que jamais tinha visto, estranhíssimo de fato. Tinha uma aparência completamente fora do comum. Se pudessemos descrevê-lo com um cavalo, ele seria mais ou menos assim: grande o bastante para impressionar pelo tamanho, belo, branco, castanho, ou preto, com uma Linda crina, frizada e trançada, a cauda tambérm loura, ou preta ou castanha, e trançada, com grandes brincos nas orelhas, colares, pulseiras em todas as patas, lábios bem torneados e pintados, cílios alongados e pintados, ora usava terno e gravata, ora saias curtissimas, ora calças femininas bem ajustadas ao corpo. Falando muito bem das coisas de Deus, pregando sobre fé, prosperidade, cura divina, bem estar na terra, sobre o imenso amor de Deus que jamais mandará o homem que Deus quer somente o coração, e utilizando o versículo que diz: “Aquele que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora”[Jo 6.37] para afirmar que ninguém perde a sua salvação e que uma vez salvo, salvo para sempre. Cantando e dançando como homem ou como mulher em ritmos mundanos; falando em línguas e profetizando e até mesmo realizando alguns sinais, prodígios e maravilhas da mentira. [2Ts 2.9,10], afora outras coisas impressionantes que esse animal, semelhante ao cavalo de troia faz.

Vendo isso, uma parte da Igreja ficou feliz e acreditou que o inimigo tinha desistido da perseguição e abriu suas portas para que esse animal [espírito imundo] mitológico pudesse entrar, e ele entrou. O problema é que, a Igreja alimenta-se com a Palavra de Deus; Ex 12.5-9, nos mostra qual o tipo de animal que deve ser parte de nossa vida; O Cordeiro de Deus, não o cavalo de Roma. O versículo 9 nos diz que devemos comer a cabeça, as pernas e as entranhas do cordeiro para termos comunhão plena com Deus e a salvação que Ele nos oferece. Mas não é isso que sai do interior do cavalo. Enquanto o cordeiro é um animal limpo, o cavalo é animal imundo. Ao permitir que o cavalo entre na nossa vida, passamos a pensar como ele, andar como ele e viver como ele, mas não é isso que Deus quer para a Sua Igreja. É com tristeza que vemos muitos cristãos mundo afora enganados por essa artimanha de Satanás e andando pela vontade do cavalo e não pelo coração do cordeiro.
A Igreja tem permitido que o mundo entre nela. Em vez dela influenciar o mundo, na verdade está sendo influenciada cada dia mais pelo mundo. Qual o remédio para isso? Veremos na última parte deste estudo.

04 – A IGREJA FORMIDAVEL COMO UM EXÉRCITO COM BANDEIRAS. [1Ts.4:13-18]
• - A Igreja entrando no céu quando for arrebatada da terra.
• - Os mortos em Cristo ressucitarão primeiro.
• - Aqueles que permanecem fiéis serão transformados.
• - No céu receberemos os prêmios dos vencedores.

No comments: